Como o Big Data tem sido usado no campo?

Cloud Computing

O Big Data é um conjunto de dados maior e mais complexo, especialmente de novas fontes de dados. Mas como ele tem sido utilizado no agronegócio? Sendo uma ferramenta crucial para as decisões do processo produtivo que é a agricultura.

Essa tecnologia abre um leque de oportunidades para o setor agrícola, porque a coleta de dados contribui para previsões climáticas, condições do solo, índices de biomassa, altitude, entre outras camadas de informações e, com isso, tomadas de decisões melhores com base nessas análises.

Por essas razões, os agricultores que utilizam o Big Data conseguem mais sucesso com as colheitas, com mais lucratividade e menos perdas. Com uma previsão meteorológica um pouco mais exata, o agricultor consegue administrar questões que envolvem irrigação, tempo de semeadura e colheita, sem perder custos ou gastar mais do que recebe.

Além disso, com o gerenciamento de dados na agricultura através do Big Data, os agricultores encontram alternativas que garantem máxima produtividade e uma agricultura voltada para a sustentabilidade sem esgotar os recursos do meio ambiente.

Ao longo da história da agricultura, era comum o uso do cavalo para puxar o arado, o trator, auxiliar no plantio direto, entre outras atividades. Hoje, com a ciência e a tecnologia, o processo agrícola conseguiu dar um grande passo com os dados resultantes da inteligência digital.

Conforme a quantidade de dados cresce sobre determinada propriedade, essas previsões se tornam cada vez mais eficientes para o cultivo do produtor, porque ele também é capaz de identificar falhas operacionais. Além disso, o produtor tem a oportunidade de analisá-los, entender o que ocorre na lavoura, otimizar o trabalho e prever épocas de plantio.